Skip to content

REVENDO AMIGOS

Tagged

PURIFICAÇÃO ESPIRITUAL

Tagged

O ESPAÇO AFETIVO DAS CIDADES MUITAS VEZES É RARO… MAS EXISTE

Tagged

OS DESERTOS ILUMINADORES E OS EMBOABAS NOS SHOPPINGS CENTERS

Tagged

VIAGEM À APARECIDA

Tagged

ALEGRIA ABSTRATA

Tagged

País subdesenvolvido não tem memória… porém de vez em quando ocorrem lampejos… agora, nos 45 anos da morte de Torquato Neto, estão ocorrendo homenagens a este grande poeta: o documentário “Todas as Horas do Fim”, o lançamento de escritos inéditos “Fragmentos Poéticos” na 12 Balada Literária, etc… aqui vai minha homenagem com este desenho e a transcrição de um artigo que ele publicou na coluna Geléia Geral, em 25/02/1972, no jornal Última Hora_

ANTES QUE ZARPE A NAVILOUCA

* Comandos do ar informam sobre a temperatura vigente nos dois pólos da questão: tudo azul e escuro. Olha o telex: azul muito escuro do lado de cá enquanto as cobras se decifram à beira da piscina azul-escura do super-hotel de luxo às margens das águas artificiais, em Pindorama Palace.

* Informações gerais pra quem se liga: a paisagem aguarda inquieta resoluções dos altos escalões das cobras. Hoje é sexta-feira o que será no sábado entrante pela próxima semana? Perguntas e respostas variadas, conforme o tempo provável da duração da alvorada, gracias.

* Miedo de perder-te, adiós amor que já me voy, e muito em breve parto mesmo e por enquanto ainda espero inquieto resoluções que não posso compreender em voz mais alta. Agora & sempre assim, conforme for.

* Carroções rondam a madrugada em pleno dia meio-dia sol com chuva tudo a pino tudo ao menos, menos dia, chuva no lugar. O que me dizes? Faz hoje quatro noites que não durmo, aguardo informações e decisões dos altos escalões das cobras das esferas rolantes nacionálicas e da ferocidade amável do País.

* Enquanto isso eu pergunto a ti, neste silêncio: quem me ama por aqui?

* Silêncio, meu amor.

* A moral do cangaço geral é com um N a menos pelo medo manso cordeirinho da miséria. Eu sei bem os sorrisos que me esperam do outro lado e aguardo que apenas o essencial se cumpra.

* Noticiário rodante: agulhas negras apontam em minha direção os pontos da comoção geral. Emoção: apontam como foguetes loucos desgovernados. Primeira providência do mais novo: expulsar dois mil!

* Meu coração despedaçado não agüenta mais, não quer não pode não tem tempo não tem nada que me faça ficar sentado deitado de pé esperando, haja fogo, meu coração na agüenta ficar sentado, calado sofrendo morrendo debaixo da chuva na beira da calçada no meio do caminho, vereda tropical, esgoto das maravilhas, ilhas, trilhas, musical, calma calamidade, fevereiro, março, abril.

* Até que pinte outra maneira de viver em paz.

* Até que não me queiram mais calado embora eu nunca fique como me adoravam, sabe? Até que a morte me separe e reintegre após transações heurísticas, sabe? Até que tudo igual a nada igual à poeira da ossada, sabe? Até que um dia, enfim!

(Torquato Neto)

PINDORAMA ANDALUZ

Tagged

A LIQUEFAÇÃO GENERALIZADA DAS CONSCIÊNCIAS E A BABA ESCORRENDO,O CANTO DA BOCA EM MEIO AOS DADULAQUES TECNOLOGIZANTES

Tagged

OUTROS MOMENTOS DE ACONCHEGO, AFINAL É FERIADO…

Tagged