Skip to content

{ Monthly Archives } November 2001

Citação do dia :

” subsenhor Inacabrado ultrapássaro bigorna fura Triste

triste triste signo transpendular prato cheio de azul a bala

perdida da perda de afeto o cego como prego fixado no escuro Nada

adorna a dor nada a dor adorna

( Arnaldo Xavier )

Citação do dia :

“A dialética (suprema arte de perguntar e responder) da busca de novas tecnologias de criação da imagem-música nos obriga a que quanto mais se avança, no sentido de fragmentar a sensiblidade e a inteligência, mais é preciso recuar às nascentes onde o inteligível e o sensível encontram o curioso. Novo.

Da realidade virtual eletrônica, de computação gráfica, da holografia, é preciso voltar à caverna, à skiagrafia (que nasceu com Saurio de Samos desenhando o recorte da sombra de um cavalo) e aos primeiros rituais sensíveis de expressão artística .”

( Júlio Bressane )

Citação do dia : “A teologia e a poesia quase podem ser ditas uma só coisa , visto que um só é o tema; digo mais , a teologia nada mais é que a poesia de Deus . E que outra coisa é , senão poética ficção , nas Escrituras , Cristo dizer-se ora leão, ora cordeiro , ora verme , ora dragão , e pedra e muitas outras maneiras , as quais seria demasiado extenso a todas contar ?”

(Bocaccio)

Citação do dia : “Brevis esse laboro , obscurus fio .”(*)

(*) Esforço por ser breve e fico obscuro .

( Horácio )

PEDRAS PRECIOSAS E MARAVILHAS CURATIVAS

Ametista Esmeraldina sempre tivera dua paixões : pedras preciosas e a ciência farmacêutica . Desde criança se sentira indubitavelmente atraída pelas propriedades óticas ( mudança de cor , refração da luz , dispersão e birrefringência *) das pedras preciosas e demais gemas .

O gosto pela descoberta e elaboração de remédios , nascera fortuitamente após nossa protagonista ter lido sobre o “emplastro anti-hipocondria Brás Cubas” no livro de memórias póstumas homônimo de Machado de Assis ; mas tal predileção crescera ao longo da juventude , o que a levou a cursar uma Faculdade de Farmácia , cujo nome me esqueci , mas que ficava perto do bairro da Aclimação .

Estudante aplicada , não dava bola para o samba , porém como era meio “maria-vai-com-as-outras” , topou desfilar em uma escola carioca , quando foi convidada pelas colegas . Na noite do desfile compensou a falta de habilidade no sambar com sua qualidade de boa imitadora ( desde criancinha fazia showzinhos de imitações nos almoços de famíla , aos domingos ) , de modo que não fez feio . Na dispersão , notou sobre o asfalto uma cabeça de coringa que se despreendera de um carro alegórico , ( decorado com centenas de cabeças semelhantes ) e resolveu guardá-la com lembrança .

Ao retornar para a Paulicéia fixou o retro-mencionado recuerdo , em um bastão e colocou-o sobre a cama .

Um noite , quando estudava para uma prova ouviu uma voz “- Preste atenção , que eu vou ditar as questões que irão cair no exame de amanhã , estude só estas questões… e vá se divertir depois …” Ametista assustada , olhou para a cabeça do coringa , postada enigmáticamente sobre o seu leito e descobriu que era ela que lhe dirigia a palavra . Sem vacilar anotou as questões , estudou e seguindo os conselhos do objeto falante foi ao cinema . No dia seguinte descobriu que o enfeite , lhe dissera a verdade ….

Foi então que sempre seguindo os conselhos sábios , concluiu a faculdade com as melhores notas . Uma noite , quando se preparava para dormir , após ter assistido na TV uma matéria sobre um monarca de uma famosa casa real européia que estava deseperado com o estado de profunda melancolia que abatera o jovem príncipe ; ouviu o jockerzinho dizer : “- Esta estória do príncipe é facil , tenho um remédio infalível : corte algumas rodelas de cebola , esfregue nos olhos e então recolha as lágrimas em um vidrinho … depois misture com um pouco de gin e aqueça … e pronto…o líqüido do pranto neutralizado por tal destilado funciona como uma espécia de vacina contra a tristeza .”

Ametista Esmeraldina , elaborou o remédio , viajou para o palácio do supracitado nobre , ministrando a maravilha curativa ao príncipe , que curado pediu-a em casamento .

Hoje ela é princesa e pode apreciar minuciosamente uma porção de pedras preciosas …e seus fenômenos óticos …

O bastão com a cabeça de coringa se tornou seu cetro , e a pedidos de nosso amiguinho , Esmeraldina ordenou para que sobre a sua coroa de princesa fosse colocado um ponto de intrerrogação de brilhantes para enaltecer o poder criativo da dúvida !!!

* Fenômeno no qual um raio de luz ao penetrar um cristal é dividido em dois .

Tagged

Citação do dia : ” BRAIN : An apparatus with wich we think that we think . “(*)

(*) “CÉREBRO : Aparelho com que pensamos que pensamos”

( Ambrose Bierce )

citação do dia :

” From dewy dreams, my soul, arise,

From love’s deep slumber and from death,

For lo ! the trees are full of sighs

Whose leaves the morn admonisheth.

(. . . )

While sweetly, gently, secretly,

The flowery bells of morn are stirred

And the wise choirs of faery

Begin (innumerous!) to be heard. ” (*)

(*) Do sonhorvalho, alma alça-te, do mais

Fundo torpor da morte e amor. Pois – olha! –

As almas estão repletas de ais,

O alvorecer admoesta as suas folhas

(. . . )

Enquanto ocultos, ternos e gentis

De manhã, vibram, floridos, os sinos,

E as fadas, em seus coros experientes,

Principiam (intérminas!) seus hinos.

( James Joyce )

Tradução : Alípio Correia de Franca Neto

A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS ….

Um amigo meu , mandou um e-mail dizendo que viu Ramirez Rebozo ( protagonista da estória publicada no dia 8 de novembro ) recentemente , cantando em um bordel em Tocantins …

BOB KABULEIRO

Todos desconhecem tanto a origem quanto o significado , do apelido de nosso protagonista . porém poucos conhecem sua surpreendente estória .

Bob Kabuleiro freqüentava a noite clubber , figura carimbada nas mais diversas raves & sacolejos moderninhos , com seu caráter aparentemente superficial , não fazia amizades : todos o conheciam de vista , mas ninguém sabia quem realmente era .

Uma noite porém o inesperado fez-lhe uma surpresa : em meio ao tecno-sassarico avistou uma mulher ruiva , de aparência exótica , assustadoramete linda e misteriosamente triste . Sentiu um calafrio antártico no mesmo instante pois conhecia o motivo de tanto sofrimento . Aproximou-se e cautelosamente se apresentou : – “Boa noite , desculpe a intromissão mas conheço você …” A nossa musa virou o rosto com desdém , porém Bob continuou : – “Calma não se irrite …Você não gostava de assoviar ‘O Rio de Piracicaba’ , enquanto cavalgava perto das plantações da fazenda ‘Bonanza Paulista ???” A jovem , subitamente mudou a fisinomia , e desconcertada perguntou – “Quem é você… como sabe de tudo isto …” .

-” Já vou contar , mas preste atenção ao que te digo : sua tristeza é fruto de uma perda , que você sofreu na adolescência , mais precisamente foi a fuga do ‘Ligeiro’, aquele seu potrinho tão querido de crina sedosa e cascos reluzentes de que tanto gostava… Não é ???” Ela arregalou seus diáfanos olhos de ametista e balançou a cabeça para baixo e para cima em sinal de positivo .-“Pois bem , ele também gostava muito de você e na verdade ele não fugiu , foi transformado em um ser humano , devido a obscuros favores prestados a uma cabocla feiticeira . Ele foi então para a cidade grande , e leva uma vida aparentemente normal … a única coisa que não se adaptou foi ter que andar sobre os pés , por isso sempre usa estes sapatos carrapetas , que lembram vagamente seus cascos …”

Olhando então para o calçado de Bob Kabuleiro , ela finalmente compreendeu …

Tagged