Skip to content

{ Monthly Archives } September 2002

LISTENING TO YOU

TRIBUTO A UM REVOLUCIONÁRIO

Al. Ribeiro da Silva X Al. Barão de Piracicaba – São Paulo – 09 de julho de 1932 :

Em um distinto casarão do bairro de Campos Elíseos , uma jovem comemorava seu aniversário … casais dançavam valsas em meio a um mobiliário requintado sob um reluzente lustre cristalino … quando repentinamente um jovem entra e diz : – “Parem a música !!! A revolução está decretada !!! Quem for paulista que me siga !!!”

Era o meu avô , Dario Sebastião de Oliveira Ribeiro Filho , que interrompia o cumpre –anos de sua irmã , Marieta , para que fosse cumprida a história revolucionária do povo de Piratininga !!!

Lutou as margens do Rio Grande , voltou condecorado … Este foi o meu avô materno , que faria aniversário neste dia … Dele herdei , entre outras coisas , o gosto pela cerveja e pelas viagens internacionais …Como não disponho de uma foto dele na Revolução de 1932 , tomei emprestado uma foto de outro soldado e desenhei seu rosto de memória …Espero que tenha ficado razoável …

A citação do dia é um poema de Emílio Moura , dica da Daniela Imajó :

CANÇÃO

Viver não dói. O que dói

é a vida que não se vive.

Tanto mais bela sonhada,

quanto mais triste perdida.

Viver não dói. O que dói

é o tempo, essa força onírica

em que se criam os mitos

que o próprio tempo devora.

Viver não dói. O que dói

é essa estranha lucidez,

misto de fome e de sede

com que tudo devoramos.

Viver não dói. O que dói,

ferindo fundo, ferindo,

é a distância infinita

entre a vida que se pensa

e o pensamento vivido.

Que tudo o mais é perdido.

( Emílio Moura )

UM SONHO NOVO EM FOLHA

O CÃO E O FRASCO

“- Meu belo cão , meu cãozinho , meu querido totó , vem cá , vem respirar um excelente perfume comprado no melhor perfumista da cidade .

E o cão , agitando a cauda , o que é , suponho , entre esses pobres seres , o sinal correspondente ao riso e ao sorriso , aproxima-se e , curioso , mete o nariz úmido no frasco destampado ; porém subitamente , recuando de susto , late contra mim , à feição de reprimenda .

– Ah , miserável cão ! Se eu te houvesse oferecido um embrulho de excremento , decerto o cheirarias com delícia e talvez o tivesses devorado . Assim , ó indigno companheiro de minha triste vida , tu te assemelhas ao público , a quem nunca se devem apresentar perfumes delicados , que o exasperam , mas imundíces cuidadosamente escolhidas .”

( Charles Baudelaire – Tradução Aurélio Buarque de Holanda Ferreira )

Muitos podem considerar este pequeno poema em prosa , publicado em 1869 , reacionário ou elitista … Muitos poderão dizer que é coisa de dândi , ou de artistinha metido à vangarda … Porém creio que o velho poeta francês ainda tem razão , uma vez que bastou abrirem o Carandiru para a visitação que milhares de pessoas ( até de outros estados ) correram para ver … ver o quê ??? Sei lá … Poderiam ter ido à exposição de gravuras do Rembrant ( é de longe a melhor coisa exposta na paulicéia ) , ou ter ido para um parque , ou rezar no Mosteiro de São Bento ( aliás ao sair de lá você se depara com um lindo painel concretista pintado pelo Maurício Nogueira Lima ) , ou se quisessem fazer algo não gratuito , ir ver uma luta de boxe , cinema , show , teatro , circo , etc …

Mas não …o povo adora o baixo astral … a energia pesada … Se eu quisesse fazer carreira política , iria me eleger com a maior facilidade : iria propor a construção do “Museu da Desgraça” do “Museu da Descrença” e do “Museu da Desesperança” .

O EXILADO PELA BRUTALIDADE MEDÍOCRE ELETRO-DOMÉSTICA

Citação do dia :

“Existe coisa mais verdadeira que a verdade ? Sim , a lenda . Ela é que dá sentido eterno à verdade efêmera .

( Niko Kazantzakis )

MY SHIP

“Como dizia Shakespeare , a história é um tango .”

( Glauber Rocha )

Assistindo na TV uma entrevista com o historiador italiano Carlo Ginsburgo ( li apenas um livro dele : “Olhos de madeira” ) fiquei espantado com o paralelismo entre o atual governo Bush e a postura de Stalin ao proferir a “brilhante” frase – “Mas quantas divisões tem o Papa ?” …ou seja , estes dois ilustres estadistas tem uma ótica estritamente baseada no poderio militar … Vejam a doutrina de segurança que o presidente das Disneylândias Unidas da América apresentou ao congresso esta semana : prevê a SUPREMACIA militar americana ao resto do planeta … No final da entrevista o pensador ítalo-judeu lembrou que muitos anos após ao infeliz dito stalinista , outro Papa ( um polonês ) contribuiu significativamente para a quada do comunismo … Quantos anos ainda esperaremos ??? Quando será que a nação lindinha será ROÍDA pelos cucarachos que se proliferam nas Américas Inferiores ???

Outro paralelismo assombroso pode ser visto no documentário “Rocha que Voa” de Erik Rocha , onde assistindo entrevistas com que seu pai e seus companheiros cubanos , percebemos que o discurso político de Glauber Rocha é incrivelmente atual … vários trechos por exemplo , poderiam se encaixar em uma discussão sobre a ALCA … Lembremos que no final da década de setenta , o cineasta baiano falou que João Paulo II era agente da CIA … foi chamado de delirante …porém , no ano passado descobriram que realmente houve uma colaboração do Vaticano com o serviço de inteligência yankee . Siglo veinte-cambalache problemático y febril (*) .

(*) Esta frase final foi extraída da letra do famoso tango “Cambalache”de autoria de E.S. Discépolo .

A INACREDITÁVEL ESTÓRIA DA CRIANÇA ANACRÔNICA

Julmita Munhoz trafegava na madrugada próxima ao Viaduto Tutóia quando parada em um semáforo foi abordada por uma criança , com cerca de sete anos , trajando uma camisa estampada azul cobalto e verde turquesa , uma calça listrada ( com cinturão ) amarela e rosa-choque , e um tênis de lona que se parecia com uma chuteira … O infante se aproximou sorrindo e tirou do bolso um disco metálico com mais ou menos cinco centímetros de diâmetro … : – “Toma , é pra você !!!”

A nossa protagonista guardou a quinquilharia e disse que não tinha trocado … O pequenino , calmamente olhou para o fundo ( ou será o fundilho ? ) de seus olhos e falou : – “Depois você me dá …”

Chegando em casa , ela foi examinar melhor o inesperado presente e descobriu que na chapinha havia um rosto de um homem com costeletas longas e com um nome estranho … – “Que coisa esquisita …” pensou enquanto ouvia os recados de sua secretária eletrônica : “Olha aqui é a Dorinha , o Pepê irá reunir uma moçada na casa dele amanhã e pediu para te convidar , é naquela rua paralela a Ibirapuera …você sabe …é por volta das dez horas … leve um vinho ou meia-dúzia de latas de cerveja” . Era sua amiga Dorothy Mansur , uma morena estonteante que se tinha a mania de trajar roupas havaianas e fazia pose de atriz de cinema antigo .

Julmita sentia um enorme compexo de inferioridade , pois achava que o anfitrião do dia seguinte ( a quem amava em segredo ) dava bola para a amiga …Tal sentimento era injustificado , uma vez que ela mesma tinha cabelos de ouro , dentes de pérolas e lábios de rubi ( além de um corpo com formas hipnotizadoras ) …

Na noite seguinte , o evento social transcoria de forma tensa devido as cenas de ciúmes mal-disfarçadas …no final , Petrônio Márcio resolveu mostrar seus antigos álbuns de figurinhas …Todos estavam completos menos um : O álbum “Chapinhas de Ouro” que foi lançado comemorando a Copa de 1970 … Nele faltava apenas uma figurinha : a do goleiro Félix … – “E o pior é que eu tinha , mas perdi !!!” exclamou … Quando alguém comentou sobre as costeletas do arqueiro , nossa personagem intuiu que possuia uma enorme relíquia : -“Peraí !!! Não é essa ???

Ninguém acreditou … era mesmo … e foi o início de um romance grandioso …

Sete semanas depois , ele mostrava para ela o seu antigo álbum de fotografias , quando ao virar a sétima página , Julmita Munhoz percebeu uma foto com uma criança trajando uma camisa estampada azul cobalto e verde turquesa , uma calça listrada ( com cinturão ) amarela e rosa-choque e um tênis de lona que se parecia com uma chuteira … Só então ela compreendeu o sentido daquilo tudo …

Tagged