Skip to content

{ Monthly Archives } September 2006

NO REINO DAS MARAVILHAS !!!

Tagged

Depois de visitar a exposição do gênio Alexander Calder na Pinacoteca , fui passear no Parque da Luz …

… aqui eu ao lado de uma escultura de Marcelo Nitzsche …

… minha cara-metade Maria Olívia …

… e o sempre belo relógio da estação .

Tagged

EU QUERO A MELODIA FEITA ASSIM

Tagged

ATTENTION PLEASE !!!

Vocês já repararam nos nomes dos envolvidos no mais recente escândalo político ;
Valdebran e Gedimar … é preciso dizer mais alguma coisa ???

Tagged

O RODOPIO

Tagged

FIQUEM ESPERTOS

No dia 26 deste mês o MAM de São Paulo inaugura uma homenagem ao meio-século da primeira mostra de Arte Concreta. Com certeza estarão expostas obras do grande mestre Maurício Nogueira Lima … e também do xará Geraldo de Barros , entre outros grandes pintores concretistas.
Hoje em brilhante entrevista publicada na Folha , Augusto de Campos descreve a formação do movimento concreto , versa sobre a trajetória da pintura concreta ao pop-art e ao op-art , fala sobre a reação emboaba ao surgimento da poesia concreta , relata suas impressões à incorporação da tecnologia na arte … e analisa muitas outras questões …
Aqui vai um fragmento da entrevista :

“Acho que sempre haverá um ‘pequeno segmento da raça’ (expressão de Pound) para responder ao desígnio mallarmaico de dar ‘um sentido mais puro às palavras da tribo’. Mas a massificação cultural é um fato iniludível da ‘overpopulation’, do baixo nível de escolaridade, da exaustão mental provocada pelos trabalhos forçados do ganha-pão achapadante.
A poesia, se não resolve, consola o ser humano de sua miserabilidade, de sua incognoscência, das precariedades de seu design ‘imperfeito’. Dá-lhe quem sabe a ilusão de estar um pouco acima. E seu desvalor econômico, o seu fracasso anti-populista, num mundo obcecado pelo lucro pelo sucesso, lhes conferem uma força ética impar.”

(Augusto de Campos )

Tagged ,

citação do dia :

A SOMBRA SOU EU

A minha sombra sou eu,
ela não me segue,
eu estou na minha sombra
e não vou em mim.
Sombra de mim que recebo a luz,
sombra atrelada ao que eu nasci,
distância imutável de minha sombra a mim,
toco-me e não me atinjo,
só sei do que seria
se de minha sombra chegasse a mim.
Passa-me tudo a seguir-me
E finjo que sou eu que sigo,
finjo que sou eu que vou
e não que me persigo.
Faço por confundir minha sombra comigo:
estou sempre às portas da via
sempre lá, sempre às portas de mim!

( José de Almada Negreiros )

Tagged ,

ISSO É QUE É VIVER !!!

Este feriado eu passei em Assis, na casa dos pais de minha cara metade, entre leituras e afagos caninos …

Tagged

A DAMA PASSARINHANTE DO OESTE ENSOLARADO

Tagged

VIDAS BOÇAIS

Começa o filme : a câmera mostra um plano fechado (close-up) de uma estrela / a câmera abre (zoom-out) até que percebamos que a estrela é um adorno de uma bota masculina estilo cowboy / os pés do personagem entram em uma porta à esquerda / corta / a câmera mostra um plano fechado (close-up) de uma espiral / a câmera abre (zoom-out) até que percebamos que a a espiral é um adorno de uma bota feminina com um design moderno / os pés da personagem entram em uma porta à direita …
Pois é , estes são os quadros iniciais do story-board de um filme que pretendo realizar chamado “Vidas Boçais” : a estória de um matador de aluguel que se apaixona por uma corretora de almas (que nem corretora de imóveis) … seria um choque de culturas : o personagem masculino representaria a cultura típica, enquanto que a personagem feminina representaria a cultura tópica, ou seja, de uma lado a cultura popular e do outro a cultura erudita !!!

Tagged ,