Skip to content

{ Monthly Archives } September 2009

O TECIDO URBANO MOLDADO PELA REALIDADE (OU SERÁ A REALIDADE MOLDADA PELO TECIDO URBANO?)

Tagged

NO RANCHO FUNDO

Tagged

O MURMÚRIO TRANSPARENTE

Tagged

MAIALE ALLA “GRIGLIA” E ARRROSTO

Pegue uma pimenta malagueta seca, retire as sementes (importantíssimo) e pique bem fininho, adicione a pimenta em um pilão misture com sementes erva-doce (1 colher de sopa) e esmague tudo. Aplique este tempero sobre uma peça de lombo de porco (1 kg) e deixe a noite marinando (se a peça não tiver gordura suficiente unte-a com azeite antes de polvilhar o tempero).
No dia seguinte retempere o lombo com sal e pimenta-do-reino, e coloque a peça em uma frigideira e “sele” a carne. Na receita do Jamie Oliver este prato é grelhado, no nosso usamos a frigideira ao invés da grelha (motivo pelo qual a palavra griglia está ente aspas), o que permitiu a criação de um diferencial como vocês verão a seguir.
Retire a carne da frigideira e coloque então para assar por trinta minutos … retire do forno e regue o lombo com vinagre de ervas (5 colheres de sopa) e um punhado de alecrim, volte ao forno e deixe por mais vinte minutos. Enquanto isso despeje um pouco de vinho tinto 5 (colheres de sopa) na frigideira e faça um glacê com as crostas remanescentes do processo de “selagem” que permanecem no fundo, adicione um pouco de alecrim.
Corte o lombo e fatias generosas regue-as com o molho e sirva com farofa.
Para acompanhar escolhi um bom merlot chileno chamado Santa Alvara (pretendia fazer uma pequena descrição pomposa do vinho para demonstrar minha pseudo-erudição, mas abstive-me de cometer tal picaretagem em respeito aos enólogos, em particular em respeito ao jornalista Saul Galvão… deixemos para quem entende a difícil arte de comentar as qualidades da bebida de baco)
… e de sobremesa: picolé de limão !!!

Em respeito também aos fotógrafos decidi não publicar as fotos que não ficaram a altura do prato.

Tagged

A SUPREMA VITÓRIA NOS EMBATES CONTRA A MEDIOCRIDADE OPRESSIVA

Tagged


Face o enorme sucesso das fotos de Pósdicarda (fazia quase três meses que ninguém comentava nada aqui), aqui vão mais fotos: o cinema art-decô abandonado…


uma pausa para repouso no jardim “toscano”


Elevador com porta pantográfica para a piscina de águas sulfurosas veja a placa “swimming pool sulphurous water”


e atendendo a pedidos, a placa antes mencionada do Bar do Marrafon…

Tagged


Neste feriado, fugindo dos ambientes pós-modernos, fomos parar em pósdicarda, ou melhor Poços de Caldas, e ficamos neste hotel antigão…


com chave de quarto de verdade, em vez desta besteira de cartão magnético e com este telefone de discar…


com um clássico hall de entrada…


com um deslumbrante corredor central, onde Andrea Tonacci rodou cenas do filme Bang-Bang (não confundir com a novela homônima)…


com um jardim toscano…


com um enorme salão de festas onde canta (mora) um sabiá. No canto desta ave ouve-se que o sabiá diz sabiamente que de lá não sairá !!!
Enquanto o agourento corvo de Poe pousa sobre o busto de Palas Atena, o simpático sabiá Poesdicardano fez seu ninho sobre uma coluna neoclássica…


com um belo restaurante que serve um leitão à pururuca, de arrancar lágrimas e também apresente doces como estes…


e com um bar ao estilo britânico, em que são preparados os coquetéis de verdade: manhatan, negroni, dry-martini, etc…


Fomos visitar o mercado municipal


onde pudemos comprar o tradicional queijo mineiro, café (moído na hora)…


goiabada & marmelada…


vejam o colorido dos doces…


ao redor do mercado, há vários botequinhos convidativos… escolhi este o Bar do Marrafon, onde havia uma plaquinha entalhada em madeira: AKI KI NÓIS MÓIA O BICO…


Fomos ver também a tradicional cachoeira Véus das Noivas…


e também passear na praça central onde tirei esta foto de minha fiel escudeira, este local é cheio de grupos musicais: uma banda de coreto, ciganos cantando boleros, a sinfônica municipal e o melhor: uma banda amadora feita por velhinhos com a seguinte formação: uma cantora, guitarra, órgão e quatros percurssões (bongô, maracas, atabaque e pratos), o repertório: Benito de Paula, Os Vips, e muito mais… infelizmante não fotografamos…


e para fechar com chave de ouro, assistimos ao desfile de 7 de Setembro !!!

Tagged

BATALHA DE ROSÁRIO PARTE II

Tagged

Já saiu a nova TUDA com mais uma capa minha e também um mini-conto (já publicado aqui anteriormente), como de praxe, entre várias coisas geniais temos belas poesias de Arnaldo Xavier, de Souzalopes, tem uma artigo de Roniewalter Jatobá sobre Mário de Andrade, tem pintura do Aristides Klafke, entre outras coisas geniais!!!

Tagged

Nessa onda de progresso e tecnologia que vivemos não deixo de lembrar da frase do famoso poeta francês:

“Haverá algo de mais absurdo do que acreditar no Progresso quando o gênero humano, como o podemos comprovar diariamente, continua semelhante e igual a si mesmo – isto é, ainda no estado selvagem? O que são os perigos da selva ou os das pradarias comparados com os choques e os atritos da civilização dos nossos dias? O homem que dá o braço à sua vítima em plena avenida ou aquele que abate a sua presa em qualquer floresta absconsa, não será sempre o mesmo homem – isto é, o mais perfeito animal de rapina?”

( Charles Baudelaire – Tradução Fernando Guerreiro )

Tagged