Skip to content

Após terminar “Moby Dick” ( Herman Melville ) li “Noturno do Chile” escrito pelo chileno-mexicanizado Roberto Bolaño … Não é tão genial como “Detetives Selvagens” , mas vale a pena ler … Hoje vejo no jornal que estão lançando em Pindorama outra obra deste grande escritor , desta vez um livro de contos , chamado “Putas Assassinas” , vamos conferir … Fiquem com um fragmento de “Noturno do Chile” :

“(…) e então o entardecer dos arredores de Avignon se tingia de um vermelho intenso, como o vermelho dos crepúsculos que você vê da janela de um avião, ou o vermelho dos amanheceres, quando você acorda suavemente com o ruído dos motores assobiando nos ouvidos, corre a cortininha do avião e distingue no horizonte uma linha vermelha como uma veia, a femoral do planeta, a aorta do planeta, que pouco a pouco vai inchando, essa veia de sangue, foi a que vi nos céus de Avignon (…)”

( Roberto Bola̱o Рtradṳ̣o : Eduardo Branḍo )

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *