Skip to content

Nessa onda de progresso e tecnologia que vivemos não deixo de lembrar da frase do famoso poeta francês:

“Haverá algo de mais absurdo do que acreditar no Progresso quando o gênero humano, como o podemos comprovar diariamente, continua semelhante e igual a si mesmo – isto é, ainda no estado selvagem? O que são os perigos da selva ou os das pradarias comparados com os choques e os atritos da civilização dos nossos dias? O homem que dá o braço à sua vítima em plena avenida ou aquele que abate a sua presa em qualquer floresta absconsa, não será sempre o mesmo homem – isto é, o mais perfeito animal de rapina?”

( Charles Baudelaire РTradṳ̣o Fernando Guerreiro )

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *