Skip to content

{ Tag Archives } cinema

zebonitinho

Homenagem a José Loredo… Zé Bonitinho transitava da cultura televisiva da “Escolinha do Professor Raimundo” ao Cinema Experimental de Rogério Sganzerla, no qual trabalhou em dois filmaços “Sem Essa, Aranha” (1970) e “Abismu” (1977).

Also tagged

odete1

TRIBUTO A ODETE LARA
Orson Welles era um ator de voz, Marlon Brando era um ator de olhar… Odeta Lara era uma atriz que em vez da voz ou do olhar, se expressava pelo cabelo… assistam “Noite Vazia” e “O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro”

Also tagged

hugo

Mais um gênio que nos deixa… Hugo Carvana… trabalhou com Glauber (Terra Em Transe, O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro, Der Leone Have Sept Cabezas, Câncer) Bressane (O Anjo Nasceu) e ainda no lendário “O Rei dos Milagres” uma produção independente ítalo-brasileira dirigida por Joel Barcelos, absolutamente genial porém relegada ao esquecimento… além disso Carvana foi um bom diretor (para mim “Se Segura Malandro” é seu melhor filme) e também trabalhou em televisão…

Also tagged

Mais um gênio se vai… Carlos Reichenbach conhecia tudo de cinema… não assisti todos os seus filmes, mas dos que vi “Império do Desejo”, “Filme Demência”, “Anjos do Arrabalde”, “Alma Corsária”, “Dois Córregos”, “Garotas do ABC”e “Falsa Loura” gostei de todos, principalmente “Filme Demência” baseado em “Fausto” de Goethe e “Imperio de Desejo” um filme erótico com inserções de William Blake e Jimi Hendrix… Vou ver se agora assisto o resto…

Also tagged

“Ir a um coquetel em San Juan significava encontrar tudo o que há de mesquinho e ganancioso na natureza humana. Sua pretensa sociedade não passa de uma horda estonteante e barulhenta de ladrões e vigaristas pretensiosos, um show de horrores entediante repletos de fraudes, palhaços e filisteus com mentalidades mancas.”

(Hunter S. Thompson – Rum: Diário de Um Jornalista Bêbado) – L&PM Pocket –

Neste final de semana li o livro Rum: Diário de Um Jornalista Bêbado – Hunter S. Thompson Rum: Diário de Um Jornalista Bêbado (L&PM Pocket -253 páginas)… fui assistir o filme também: Diário de Um Jornalista Bêbado (The Rum Diary) dirigido por Bruce Robson… a adaptação cinematográfica é um desastre: funde dois personagens em um (*), acrescenta várias coisas que não tem no livro (algumas de humor para adolescentes-mentais) e altera o final… achei que o grande ator Johnny Deep, por ter sido amigo pessoal de Hunter Thompson iria interpretar magistralmente e personagem Paul Kemp (um alter-ego do escritor), mas ledo engano, o único personagem que se salva é o fotógrafo Bob Sala interpretado por Michael Rispoli…
Esqueçam o filme e fiquem com o livro: é mais poético, mais divertido e menos estereotipado… e custam o mesmo valor: o ingresso do cinema custou os mesmos dezenove reais da edição de bolso…

(*) No livro o namorado da personagem Chernault é Yeamon, um jornalista maluco, sem dinheiro e valentão, enquanto que o ex-jornalista e jovem empresário Sanderson apresenta tendências homossexuais, no filme estes dois personagens são fundidos em uma única pessoa, o que altera toda a estória… no livro também não existem brigas de galos, apostas, cenas de carro em alta velocidade, etc.

Also tagged

batalha

Hoje faz trinta anos que Glauber se foi… seria interessante saber o que ele estaria dizendo do atual quadro brasileiro e mundial… Até hoje seu cinema é atual, mas o que mais gosto de rever são as aparições no programa abertura

Also tagged

serge

Fui assistir “Gainsbourg – O Homem que Amava as Mulheres” (Serge Gainsbourg, Vie Héroïque, na lingua original), filme dirigido por Joann Sfar, um quadrinhista… a influência dos comixs com bonecos contracenando com atores no começo agrada, mas logo torna-se um pouco cansativa diante da riqueza e complexidade existencial do biografado… não gosto de tudo que Gainsbourg gravou… não gosto dos seus discos do final dos anos sessenta nem de algumas outras fases posteriores, porém os seus discos iniciais são geniais, assim como é genial sua gravação de “Smoke Gets In Your Eyes” realizada no final dos anos setenta, e principalmente “La Javanaise”, sua obra-prima, uma das canções mais belas de todos os tempos!!! Aqui vai um desenho que fiz em sua homenagem em 1991, quando soube que ele tinha falecido…

Also tagged

O ASSUNTO É CINEMA

Não vi “Tropa de Elite I” nem vou ver “Tropa de Elite II”… este neo-cinema-novo-favelo-narcotrafizado não me agrada… em compensação fui assistir “Luz Nas Trevas”, a continuação de “O Bandido da Luz Vermelha” dirigido por Helena Ignez e Ícaro Martins, baseado em roteiro de Rogério Sganzerla. O filme é muito bom: a continuação dos ideais cinematográficos do gênio de Joaçaba, transpostos para a realidade atual: boa montagem, ótima música ( Paulo Sérgio, Lanny Gordin, boleros, etc), atuações geniais… e o mais interessante é que a estrutura do “Bandido da Luz Vermelha” foi mantida, com diversas colagens… uma pena é que não aproveitaram o material com o Pagano Sobrinho e Roberto Luna (talvez seja devido a problemas com direitos autorais)… a cena do “O Bandido da Luz Vermelha” em que Luna canta “Molambo” na boite Bambu (*) é ao meu ver uma das melhores do antigo filme, poderia ser “colada”no filme atual… mas mesmo com um ou outro deslize, por exemplo: a cena do Ney Matogrosso contando “Sangue Latino” no alto do edifício Copan poderia ser suprimida, ou mesmo modificada (escolhendo outra música), mas mesmo assim trata-se de um grande filme: Assistam!!!

(*) Funciona até hoje, fica atrás do Cube Sírio, junto a Av. Rubem Berta.

Also tagged

Hoje fui dar uma espiada na mostra sobre Rogério Sganzerla que começa a partir de amanhã no Itaú Cultural… como era o lançamento estava muito cheio, mas quando estiver mais calmo volto lá para ver tudo com mais atenção… além dos filmes, é claro!!!

Also tagged

Fui na estréia do documentário Loki de Paulo Henrique Fontenelle sobre Arnaldo Baptista… É interessante como Arnaldo e os Mutantes são reverenciados lá fora …
Quando li que no festival do Rio o filme tinha sido aplaudido de pé, achei que era um ato da típica emotividade carioca … Porém quando o documentário estreou em São Paulo, eu fui um dos primeiros a me levantar e aplaudir no final da sessão !!!

Also tagged